Papa acolhe renúncia de Dom Antonino e nomeia Padre Otair como novo bispo da Diocese de Coxim

CNBB e Pascom Diocese de Dourados

O Papa Francisco acolheu, nesta quarta-feira, 19 de outubro, o pedido de renúncia apresentado por dom Antonino Migliore ao governo pastoral da diocese de Coxim, no Mato Grosso do Sul e nomeou como novo bispo diocesano o padre Otair Nicoletti, atualmente vigário geral e reitor do seminário da diocese de Dourados (MS). A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação ao novo bispo da diocese de Coxim (MS) e também um agradecimento ao, agora, emérito. Dom Henrique Aparecido de Lima, bispo da Diocese de Dourados, também manifestou sua homenagem e orações ao Monsenhor Otair.

Padre Otair é atualmente vigário geral e reitor do seminário da diocese de Dourados (MS)
Currículo e trajetória eclesial

Nascido em 6 de abril de 1962, em Fernandópolis (SP), padre Otair Nicoletti fez licenciatura em Filosofia nas Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso (FUCMT) e possui bacharelado em Teologia pelo Instituto Teológico João Paulo II (ITEO) e pela UniCesumar de Maringá (PR). Sua ordenação presbiteral se deu no dia 18 de junho de 1994.

Padre Otair Nicoletti

Entre suas funções, já exerceu as de vigário paroquial da Paróquia São Paulo Apóstolo em Ivinhema (MS), em 1994; pároco na Paróquia Divino Espírito Santo, em Ponta Porã (MS), em 1995; reitor do Seminário Sagrado Coração de Jesus, em Dourados (MS), em 1996.

Também foi membro do conselho diocesano de Assuntos Econômicos da diocese de Dourados, no episcopado de dom Redovino Rizzardo, em 2002; de 2003 a 2017, foi cofundador, presidente por dois mandatos e membro atuante da Cáritas de Dourados. Desde 2015, é assessor diocesano das Campanhas: Fraternidade, Missionária e Evangelização.

Em 2016, tornou-se novamente membro do Conselho Diocesano de Assuntos Econômicos da diocese. Em 2017 passou a ser exorcista diocesano. Em 2021, assumiu o posto de diretor espiritual diocesano da Legião de Maria. E, neste ano, assumiu a função de coordenador diocesano do Serviço de Animação Vocacional.

 

 

Novo bispo emérito

Dom Antonino Migliore nasceu em 7 de junho de 1946. É natural de Serradifalco, Caltanissetta, na Itália. Chegou ao Brasil há 35 anos e, de início, ficou em Piracicaba, no interior de São Paulo, e teve uma experiência missionária na região norte do Mato Grosso do Sul. Entre as atividades antes do episcopado, na Itália, teve as funções de delegado da missão e responsável diocesano pela Pastoral Familiar. 

Dom Antonino Migliore se torna Bispo Emérito de Coxim

Alguns anos depois de voltar ao seu país, Antonino recebeu o comunicado do Papa João Paulo II sobre o retorno à região norte de Mato Grosso do Sul, dessa vez como bispo prelado de Coxim. Após a nomeação, em 10 de maio de 2000, recebeu a ordenação, em 23 de junho do mesmo ano, em Caltanissetta, na Itália, pelas mãos de dom Lucas Moreira Neves. Em 13 de novembro de 2002 a prelazia foi elevada a diocese.

Migliore foi o quarto bispo da prelazia de Coxim e o primeiro bispo diocesano. No período de seu governo, foram ordenados mais de 20 padres e criadas três novas paróquias: Paróquia de Nossa Senhora Perpétuo do Socorro (2001), em Coxim; Paróquia de São João Maria Vianney e São Sebastião (2011), em Paraíso das Águas; e a paróquia de Nossa Senhora Aparecida, inaugurada em 2011, em São Gabriel D’oeste. 

Saudação e agradecimento

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação ao novo bispo da diocese de Coxim (MS) e também um agradecimento ao, agora, emérito. Dom Henrique Aparecido de Lima, bispo da Diocese de Dourados, também manifestou sua homenagem e orações ao Monsenhor Otair.

Confira, abaixo, os textos na íntegra:

Saudação ao monsenhor Otair Nicoletti

Com alegria, recebemos a notícia da escolha do Santo Padre, o Papa Francisco, pela nomeação do padre Otair Nicoletti como novo bispo da diocese de Coxim, em Mato Grosso do Sul. Rogamos a Deus que o ilumine nesta nova missão confiada pela Igreja e abençoe o seu itinerário e a sua caminhada junto ao povo. 

Como contribuição para seu ministério, recordamos a motivação para a alegria oferecida pelo Papa Francisco em sua Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate:

Existem momentos difíceis, tempos de cruz, mas nada pode destruir a alegria sobrenatural, que ‘se adapta e transforma, mas sempre permanece pelo menos como um feixe de luz que nasce da certeza pessoal de, não obstante o contrário, sermos infinitamente amados’. É uma segurança interior, uma serenidade cheia de esperança que proporciona uma satisfação espiritual incompreensível à luz dos critérios mundanos” (GeE, 125).

Nossa Senhora, Mãe da Igreja, conduza seu ministério e o Espírito Santo o conserve na comunhão, participação e missão.

Em Cristo, 

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Arcebispo de Cuiabá (MT)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Agradecimento a Dom Antonino Migliore

Estimado irmão, Dom Antonino Migliore

Ao iniciar esta nova etapa de seu ministério episcopal, como bispo emérito, receba os nossos cumprimentos repletos de gratidão por tudo que tem doado à Igreja no Brasil, especialmente pelos anos dedicados à diocese de Coxim. 

Destacamos, de forma especial, o desejo de contribuir com a ação evangelizadora da Igreja no Brasil, como missionário ad gentes em São Paulo e no norte do Mato Grosso do Sul. Seu testemunho fez florescer frutos do Evangelho, atendendo ao mandato de todo cristão, chamado a ser missionário e testemunha de Cristo, e da própria Igreja, cuja missão é a de evangelizar o mundo, dando testemunho de Cristo.

Que este tempo de emeritude seja também sinal de alegria em seu ministério, na proteção de São José, padroeiro diocesano de Coxim.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Arcebispo de Cuiabá (MT)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Saudação de Dom Henrique ao monsenhor Otair Nicoletti

Saudações em Cristo Jesus! Em primeiro lugar agradecer a Deus através do Sagrado Coração de Jesus por esse momento tão bonito na nossa Diocese de Dourados-MS. Com certeza e um honra e benção de Deus.

Em segundo lugar, agradecer ao Mons. Otair Nicoletti por mais uma vez dar seu sim ao chamado de Deus e, neste momento para pastorear a Igreja Particular de Coxim-MS. Em terceiro lugar agradecer a todos da nossa Diocese que colaboraram com esse trabalho para ajudar o Papa Francisco por meio da Nunciatura Apostólica do Brasil a escolher o novo bispo para a Diocese de Coxim-MS.

Podem ter certeza que isso continuará nos ajudando a crescer na Comunhão e Participação, nos levando cada vez mais a maturidade na Fé e na Missão – Dom e Serviço.

Com certeza nos traz muita alegria e ânimo para enfrentar os desafios da vida e do trabalha nos tornando mais comprometidos com a verdadeira Causa do Reino: a Salvação da Humanidade!

Muito obrigao a todos e Deus continue abençoando cada um de vós! Vai na Paz Mons. Otair e conte sempre com as nossas orações e nossa amizade! Deus te abençoe sempre!

Dom Henrique Aparecido de Lima, C.Ss.R.

Bispo da Diocese de Dourados (MS)