Sociedade de São Vicente de Paulo - Vicentinos

pic

Coordenador: Edson Torraca
Fone: 3425-2584 / 99638-0876
E-mail: ssvp.dourados@hotmail.com

Site oficial: http://www.ssvpbrasil.org.br

SOCIEDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO – SSVP – Conselho Central de Dourados - VICENTINOS

Coordenadora: Marcos Pereira Rebeque

Fone: 99638 0876

Assessor: Pe. Ciro Ricardo da Silva Freitas

Fone: 3425 6520 (SEC) e 99947 7283

QUEM SOMOS:

A SSVP

A Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) é uma organização civil de leigos, homens e mulheres, dedicada ao trabalho cristão de Caridade. Foi criada em 23 de abril de 1833, em Paris, na França, por um grupo de 6 jovens universitários católicos e um senhor mais velho, com o objetivo de aliviar o sofrimento das pessoas vulneráveis e fortalecer a fé de seus membros. Rapidamente a Sociedade espalhou-se pelo mundo e já está presente em 150 países.

Em seu trabalho caritativo auxilia diariamente cerca de 30 milhões de pessoas, por meio da dedicação dos cerca de 800 mil voluntários que formam a SSVP.

Internacionalmente, a Sociedade de São Vicente de Paulo é membro da Organização das Nações Unidas, participando do Conselho Econômico e Social (Ecosoc).

No Brasil, a instituição foi fundada em 1872. No nosso país são aproximadamente 153 mil membros, também conhecidos como confrades (homens) e consócias (mulheres). Aqui a instituição mantém creches, escolas, projetos sociais, lares de idosos, e contato semanal com cerca de 74 mil famílias em necessidade.

Essa atuação foi reconhecida com o prêmio “Direitos Humanos – categoria idosos”, oferecido pelo governo federal e também com o recebimento, em 2013, da Medalha do Mérito Legislativo, oferecida pela Câmara dos Deputados.

O QUE FAZEMOS:

Uma rede de caridade

O trabalho de Caridade desenvolvido pela Sociedade de São Vicente de Paulo ao longo de mais de um século no Brasil teve como consequências uma expansão de atividades e a obtenção de uma grande credibilidade por parte da população.

Assim, pouco a pouco, foi sendo formada uma grande rede de Caridade, formada pelos voluntários, que se reúnem em Conferências. Elas são grupos que se reúnem em paróquias, escolas, residências e têm como objetivo organizar o serviço prestado por seus membros às famílias favorecidas.

Existem cerca de 20 mil Conferências no Brasil, que reúnem aproximadamente 153 mil voluntários.

Além de atuar em situações emergenciais provendo alimentos, roupas e remédios para pessoas em apuros, a Sociedade de São Vicente de Paulo procura encontrar formas de promoção das pessoas que ajuda. Isso significa que a obra dos vicentinos visa tornar as pessoas independentes e produtivas. Com o contato semanal, é possível atingir esse resultado.

 

Como posso ajudar?

Existem diversas formas de você fazer parte desta rede de Caridade. Você pode se tornar um voluntário ou ser um benfeitor da SSVP.

Para ser um voluntário vicentino é preciso frequentar as reuniões das Conferências. Para isso, basta procurar uma Paróquia onde haja o grupo e comparecer. Aos poucos, você irá conhecer a dinâmica da atuação social e a organização que garante um bom atendimento às pessoas beneficiadas. Nesse momento você será considerado um aspirante e à medida que for caminhando no trabalho da Caridade poderá ser considerado um vicentino. E será muito bem-vindo.

Outra forma de ajudar a SSVP é sendo um colaborador afetivo e efetivo da instituição. Se você quer fazer o bem às pessoas atendidas pelas Conferências pode realizar doações diretamente para qualquer grupo vicentino, que você localiza nas paróquias ou nas sedes locais da Sociedade de São Vicente de Paulo.

As doações podem ser: roupas, calçados, alimentos, móveis, cadeiras de rodas, muletas, brinquedos, itens de higiene pessoal ou contribuições financeiras.

 

PÚBLICO ALVO:

A Sociedade serve aqueles que estão em necessidade, qualquer que seja a sua religião, o seu meio social ou étnico, o seu estado de saúde, o sexo e particularidades culturais ou opiniões políticas.

Os vicentinos dedicam-se a procurar e encontrar as pessoas que são vítimas do esquecimento, da exclusão e da adversidade.

Fiel ao espírito dos seus fundadores, a Sociedade esforça-se por se renovar sem cessar e por se adaptar às condições de mudança dos tempos. Ela quer estar sempre aberta às mutações da humanidade e às novas formas de pobreza que se possa identificar ou pressentir. Dá prioridade aos mais desfavorecidos e especialmente aos rejeitados pela sociedade.

QUEM PODE PARTICIPAR:

Toda pessoa (crianças, adolescentes, jovens e adultos).

QUANDO CHEGOU À DIOCESE DE DOURADOS:

A SSVP – iniciou em Dourados nos anos de 1973 quando foi fundada a Conferência Vicentina da Imaculada Conceição em 19/03, a então Conferência iniciou seus trabalhos na Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Catedral de Dourados. Logo mais com o desenvolvimento dos trabalhos surgiram outras Conferências Vicentinas, em 13/11/1973 na Paróquia São José Operário, em 24/01/1974 na Paróquia do Divino Espírito Santo (Rio Brilhante), em 02/07/1977 na atual Paróquia Santo André e em 01/07/1977 na Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

A partir de então as Conferências Vicentinas se expandiram para diversos municípios da Diocese e atualmente contamos com 40 Conferências Vicentinas na Diocese de Dourados sendo que 02 são de Crianças e Adolescentes estamos nos seguintes municípios: Dourados, Douradina, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Nova Alvorada do Sul, Ponta Porã e Rio Brilhante.