57ª Assembleia Do Povo De Deus Para E Escuta Os Gritos Da Igreja Do Regional Oeste 1.

pic

Por Ir. Silvio Em 1 de outubro de 2019

 

 

Nos dias 28 e 29 de setembro, em sua Sede, a CNBB Regional Oeste 1, se reuniu para ouvir-se e ouvir os gritos que chegam das várias realidades do Mato Grosso do Sul.

Iluminados pelas novas Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil, que tem como objetivo “EVANGELIZAR no Brasil cada vez mais urbano, pelo anúncio da Palavra de Deus, formando discípulos e discípulas de Jesus Cristo, em comunidades eclesiais missionárias, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, cuidando da Casa Comum e testemunhando o Reino de Deus rumo à plenitude”; cerca de 50 pessoas Arcebispo, Bispos, Sacerdotes, Religiosas e Religiosos, Leigas e Leigos provenientes das 07 dioceses, que compõem o Regional fizeram um grande exercício de escutarem-se e escutarem a realidade.

Este é o momento da Igreja do Mato Grosso do Sul escutar-se, e para isso contou com as iluminações de assessores do próprio Regional, o Pe. Fabio Antunes do Nascimento, que iluminou o encontro refletindo sobre as Novas Diretrizes, o Pe. André Márcio Nogueira, que fez uma leitura da atual conjuntura eclesial do Regional. Pe, Fabio e Pe. André, são do clero da Diocese de Coxim, e por fim, escancarando a dura realidade do MS, o Prof. Edmilson Schinello da Universidade Católica Dom Bosco, trazendo dados sociais alarmantes da vida do nosso Povo.

Salmo proclamado por uma leitora surda

A Assembleia, a partir desta iluminação, refletiu os quatro pilares da Evangelização, a Palavra, o Pão, a Caridade e a Missão, e nos debates e estudos, os grupos trouxeram para a plenária um grande desafio: descobrir a real identidade eclesiológica do Regional, partindo das Diretrizes, de maneira, que se possa construir um verdadeiro processo de Iniciação à Vida Cristã para todas as experiências eclesiais.

Para 2020, o grande empenho de todo o Regional, será na construção de um Itinerário, que contemple o encontro pessoal com Cristo, o conhecimento do Seu projeto de Reino, e a conversão, que se torna missão. Uma equipe de assessores regionais, proporcionarão formação para todas as Dioceses, de modo, que respeitando a especificidade de cada uma, o Regional se ponha a caminho falando uma mesma linguagem, visualizando o mesmo horizonte, como batizados e enviados.

O momento mais bonito e significativo, foi quando os nossos bispos, em meio ao andamento da assembleia, tendo ouvido os gritos vindos das comunidades representadas pelos coordenadores de pastorais, movimentos e os representantes das dioceses, pararam, se reuniram e assumiram juntos o projeto proposto pela assembleia. Este foi o grande sinal de que a Igreja no MS faz uma caminhada de comunhão.

 

Então para 2020, já está certo, o Regional inteiro está convocado para este grande momento eclesial, é o primeiro passo para passarmos da mera conservação para uma verdadeira conversão pastoral.

Nossos sonhos, nossos projetos, já não só nossos, são  de uma Igreja que se lança a caminho.

Estamos a caminho e estaremos sempre em saída.